Mutirão de limpeza de rios e mares recolhe toneladas de lixo

Ao todo, a ação mobilizou cerca de 130 voluntários, divididos em equipes, que contaram com, aproximadamente, 30 embarcações  (Foto: Sérgio Silva/PMA)

A capital sergipana recebeu, na manhã deste sábado, 9, um mutirão de limpeza de rios e mares, uma agenda que agrega pontos das regiões Norte e Nordeste e é promovida pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), com a junção do Programa Rios + Limpos e do Plano de Combate ao Lixo no Mar. Durante a ação, que dialoga com o planejamento da gestão municipal e é apoiada pela Prefeitura de Aracaju, o MMA lançou um aplicativo que, entre outros dados, mostra a balneabilidade das praias brasileiras.

Ao todo, a ação mobilizou cerca de 130 voluntários, divididos em equipes, que contaram com, aproximadamente, 30 embarcações que se deslocaram pela Praia do Viral, Crôa do Goré e Ilha dos Namorados. O trabalho conjunto envolveu órgãos públicos, tanto do Município, como do Estado e do Governo Federal e, ainda, a Marinha do Brasil, o Corpo de Bombeiros, além de entidades como a Amigos do Rio e a Cooperativa de Reciclagem do Bairro Santa Maria (Coores), entre outras.

Aracaju faz parte de uma ampla agenda. Conforme o secretário do MMA, somente o Plano de Combate ao Lixo no Mar, lançado em 2019, realizou mais de 420 ações, mobilizando mais de 35 mil voluntários. “Isso resultou na retirada de 270 toneladas de lixo do mar e mais de 600 mil itens, dos quais, mais da metade era plástico. Essa ação tem o objetivo de mostrar, também, que o lixo nada mais é do que matéria-prima fora do lugar. Se descartado no devido lugar, pode gerar empregos verdes e, ao mesmo tempo, proteger o meio ambiente”, complementa o secretário da Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, André França.

Aplicativo

Pouco antes da atividade prática de limpeza, Aracaju foi o local escolhido para o lançamento oficial do aplicativo do MMA “Praia Limpa”, o qual já está disponível gratuitamente para download nas versões para dispositivos Android e iOS por meio do “SuperApp MMA”.

Desenvolvido em parceria com estados e municípios costeiros, e com apoio do Projeto TerraMar (GIZ), o “Praia Limpa” já integra as informações geradas por órgãos estaduais e municipais de meio ambiente de 13 dos 17 estados costeiros – Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Rio Grande do Norte, Paraná e Espírito Santo -, permitindo conhecer a situação atualizada da balneabilidade em mais de 1.000 pontos do litoral brasileiro.

Aracaju, por exemplo, tem destaque por ser uma cidade em que 100% das praias possuem condições favoráveis à balneabilidade.

O aplicativo permite, ainda, o acesso a informações sobre condições climáticas, nível das marés e fases da lua, bem como a avaliação destes locais por frequentadores e visitantes, com relação à limpeza, infraestrutura existente e facilidade de acesso.

Além de contribuir para a experiência dos cidadãos nas praias brasileiras, o aplicativo fornece uma visão abrangente dos pontos críticos da costa brasileira, onde são necessários investimentos, principalmente em saneamento básico, para a melhoria da qualidade das águas litorâneas e da Zona Costeira Brasileira.

*Com informações da PMA

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais