Mutirão irá analisar processos de presos do Copemcan

0
As visitas serão feitas ao pavilhão 5 do Copemcan (Foto: ASSAC)

Tem início nesta segunda-feira, 16, e segue até o dia 20 deste mês, o I Mutirão Carcerário promovido pela Associação Sergipana da Advocacia Criminal (ASSAC). Durante os cinco dias, 30 advogados criminais e 30 estagiários do curso de direito realizarão visitas das 8h às 12h no Complexo Penitenciário Dr. Manoel Carvalho Neto  (Copemcan).

O objetivo é o de promover a justiça para a população carcerária, oportunizar a vivência da prática penal a estudantes do curso de Direito em fase de estágio e desafogar o Poder Judiciário.

De acordo com o diretor da ASSAC, Alan Sales, o encontro será para analisar os processos. “Nesse momento as visitas serão feitas no pavilhão 5 do Compecan. Iremos analisar os processos de 450 internos que não possuem advogado ou que estão sendo assistidos apenas pela defensoria. Ao final, diante de toda a demanda, iremos filtrar os processos e acompanhá-los desde o julgamento até o término do processo”, informa.

O mutirão conta com o apoio da Secretaria de Justiça, Secretaria de Segurança Pública, Defensoria Pública, Desipe, Copemcan (diretor Lúcio), Unit – Universidade Tiradentes, OAB/SE, Tribunal de Justica, através da 7ª Vara Criminal/Vara de Execução.

Por Aisla Vasconcelos
Com informações da ASSAC

Comentários