“Não me mande mais as suas porcarias”, por Wenderson Wanzeller

0

A Internet está cada vez mais presente em nossas vidas, sobretudo no mundo dos negócios. O que antes era considerado um grande desafio, como por exemplo a comunicação instantânea por escrito, com o advento do já popularizado e-mail, passou a ser uma coisa absolutamente corriqueira. Porém, com a evolução das coisas também se evoluem os problemas. E, no nosso caso, o desafio agora passou a ser outro: o de como evitarmos a grande quantidade de mensagens indesejadas. 

 

Muita gente tem reclamado do grande volume de e-mails recebidos e não solicitados em suas caixas postais. E isso vem ocorrendo por conta de uma atitude antiética tomada por certas pessoas e empresas, os chamados “Spammers”, ou seja, são aqueles indivíduos que nos enviam milhares de mensagens, o “Spam”, pelo simples fato de estarem tentando nos enganar ou de nos empurrar algo.

 

Esta é uma prática que deve ser duramente combatida, pois ela invade a nossa privacidade, toma o nosso tempo e causa um enorme prejuízo as pessoas que precisam da Internet para tocar os seus negócios. Então para os desavisados de plantão aqui vai uma sugestão: se algum dia, alguém, por acaso, vier a lhe oferecer este tipo de serviço, não o contrate. Assim você vai estar contribuindo para a moralização da Internet no Brasil.

 

Wenderson Wanzeller, é atuário, colunista e comentarista econômico.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais