Nome do novo reitor deve compor lista tríplice

0

Mesmo sendo vencedor nas urnas com mais de 49% dos votos, o nome do professor Josué Modesto dos Passos Subrinho ainda deverá compor a lista tríplice que será enviada ao Ministério da Educação. Só após a homologação do nome do novo reitor, em Brasília, é que o processo estará definido. Enquanto isso, o novo reitor da UFS, que deve substituir José Fernandes de Lima após o dia 22 de novembro, quando acaba o mandato da atual gestão, afirma que deve discutir com a equipe os projetos para a instituição. “Queremos tornar a UFS, cada vez mais, um centro de referência em qualidade acadêmica”, planeja ele. Após a apuração, Subrinho – ladeado por membros da chapa que comemoravam a vitória nas urnas – fez uma rápida avaliação sobre o pleito. “Acho que esta foi uma vitória do processo eleitoral. Felizmente tudo transcorreu tranqüilamente e vencemos esta etapa importante para a consolidação das práticas democráticas na Universidade Federal de Sergipe”, disse. No dia 11 de agosto o nome de Subrinho, juntamente com o do professor Ângelo Antoniolli, serão os primeiros da lista que será formada pela Comissão Eleitoral Especial. Um acordo entre os participantes da eleição deste ano instituiu que apenas o nome do vencedor entraria na lista tríplice. Os outros dois nomes que serão indicados também deverão ser de componentes da chapa “100% UFS”. Josué Modesto vence eleição na UFS

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais