Nove agentes voltaram ao Presmil nesta segunda-feira

0
Momentos em que agentes saíram do Presmil em janeiro (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Nove agentes de medidas socioeducativas do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam), acusados por crime de tortura supostamente praticado contra adolescentes em conflito com a lei, se apresentaram espontaneamente à Secretaria de Estado da Segurança Pública nesta segunda-feira, 13.

Após realização de exame de corpo de delito, os nove agentes foram novamente encaminhados ao Presídio Militar (Presmil), em cumprimento aos mandados de prisão expedidos pela desembargadora Iolanda Guimarães.

Os mandados foram expedidos na sexta-feira, 10. Naquele mesmo dia, o delegado de polícia civil Kássio Viana, assessor especial do Delegado Geral da Secretaria, articulou a equipe para cumprir os mandados judiciais, mas não localizou nenhum dos réus nos endereços informados pelo Poder Judiciário. Os nove agentes se apresentaram espontaneamente à Superintendência da Polícia Civil após contatos telefônicos mantidos com o delegado Kássio Viana no domingo, 12.

Ele informou ainda que um dos agentes não se apresentou espontaneamente nem foi localizado na residência e já é considerado foragido. O delegado orienta a apresentação espontânea do agente de medidas socioeducativa alvo do mandado que ainda falta ser cumprido. “Ficar fugindo da polícia, não é vantagem para quem responde a processo judicial”, alertou o delegado. “Independentemente da apresentação espontânea, nós vamos continuar procurado o agente”, enalteceu o delegado.

O Portal Infonet tentou ouvir a defesa dos agentes de medidas socioeducativas, mas não obteve êxito. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais