Novo posto causa reclamações

0

Os estudantes estão indignados com novo posto de venda de passe escolar. O posto funciona na Avenida Tancredo Neves, onde foram improvisados guichês para atendimento aos estudantes. O local é quente e não está sendo suficiente para atender à demanda. O estudante universitário Eduardo Santos chegou ao posto por volta das 10h de segunda e recebeu uma senha de número 250. Como ele viu que o visor digital chamava o número 330, procurou uma funcionária para esclarecer por que recebeu um número que já havia passado. Ela informou que o contador iria zerar em 1000 (um mil) e recomeçar a contagem, só aí seria o número 250 dele. Eduardo voltou na terça e viu que a situação estava ainda pior. As pessoas só podiam entrar no posto com uma senha que estava sendo distribuída na rua. “Isso é um absurdo. Isso está parecendo uma terra de ninguém, é um falta de respeito generalizada. As pessoas agora têm que aguardar na rua, ao relento, sob o sol, com essa poeira terrível. É um desrespeito”, esbraveja Eduardo. A estudante Caroline Sousa também se queixa do posto. “É preciso que se tome uma providência. Esse desrespeito não pode continuar”, reclama Caroline.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais