Novos dados sobre o assassinato de Joaldo Barbosa

0

O corpo do deputado estadual pelo PL, Joaldo Barbosa, já foi encaminhado ao Instituto Médico Legal. Novas informações sobre o caso esclarecem que quem atendeu o assassino, quando ele tocou a campainha, foi a empregada do deputado, Mirian Francisco. “Eu abri a porta e vi um homem com cabelos grisalhos, bigode e camisa pólo marrom de listras. Ele disse que tinha um documento para entregar a Joaldo Barbosa. Eu chamei o deputado e fui para a cozinha, então ouvi dois disparos. Quando voltei à varanda, encontrei o corpo no chão”, explica Mirian. O delegado Arquimedes Marques, da Delegacia de Homicídios, informou que a arma usada foi uma Pistola 380. “Estamos trabalhando com todas as probabilidades, descartando apenas a possibilidade de assalto, porque nada foi levado. Nós levaremos a empregada doméstica da casa e outro funcionário para a delegacia, onde farão um retrato falado”, afirmou. Saiba mais sobre a morte do deputado estadual Joaldo Barbosa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais