O Centro-Sul à mercê dos bandidos

0

No Centro de Boquim comerciantes reclamam da ação dos bandidos Foto: Portal Infonet
Distante 82 km da capital sergipana, o município de Boquim conhecido pela tradicional festa da laranja, esconde o medo e a angustia de um povo que está a mercê dos bandidos que invadem estabelecimentos comerciais a qualquer hora do dia e assaltam pessoas a mão armada.

A tranquilidade de José Hunaldo Andrade e Joelma Pereira de Oliveira foi quebrada após o estabelecimento comercial e uma chácara do casal ter sido alvo de assaltos. A ação dos bandidos chamou a atenção do comerciante que está indignado com o descaso da polícia com a segurança pública do município. O comerciante conta que há 10 anos escolheu morar no Interior para fugir da violência.

“Boquim é uma cidade acolhedora e era muito pacata e tranquila, mas os assaltos tem se tornado frequentes e não podemos deixar que os bandidos tomem conta das casas e continuem aterrorizando a população”, lamenta Hunaldo.

O casal Joelma e Hunaldo reclamam da falta de segurança da cidade Foto: Portal Infonet
O desabafo do comerciante é por conta de um assalto registrado em sua mercearia no inicio do mês. Hunaldo conta que sua esposa foi abordada por três homens armados que chegaram ao final do expediente e levaram cerca de R$500 em dinheiro. “Eles agiram rapidamente, mas quando chamamos a polícia eles demoraram mais de 20 minutos para chegar”, relata o comerciante, ressaltando que a delegacia do município fica há cerca de 300 metros do local do assalto.

O comerciante tem mesmo motivos para se preocupar, a propriedade rural também foi arrombada duas vezes. “Eles levaram telefone, vídeo, som e tentaram roubar também uma bomba de água, mas como não conseguiram, voltaram no outro dia e levaram todo o restante”, conta Hunaldo, completando que chegou a pedir ajuda na delegacia, mas não tinham policiais para fazer a diligência.

No município o que não falta é relatos de pessoas que foram assaltadas. No Centro, o principal alvo são lojas de roupas, doces e casas lotéricas. Com medo de represarias um comerciante diz que um assaltante conhecido na região levou várias peças de roupa da sua loja no último final de

Apesar da grande movimentação os bandidos assaltaram a loterica Foto: Portal Infonet
semana. Dessa vez a polícia conseguiu prender o assaltante, mas o comerciante reclama que na mesma semana foi colocado em liberdade.

Somente este ano a casa lotérica do município foi assaltada duas vezes. “Um prejuízo muito grande, fora também o medo que fica para as pessoas que trabalham no local”, reclama o proprietário que prefere não ser identificado.

De acordo com o delegado do município, Dernival Eloi, que assumiu o cargo há poucas semanas, a delegacia tem 160 inquéritos que estão sendo analisados. Dernival afirmou que desconhece os casos de assaltos e que a maioria das ocorrências estão relacionadas a roubos. “Já encaminhei ofício a Secretaria da Segurança Pública pedindo o reforço do efetivo, contamos apenas com um policial na rua e um investigador quando seriam necessários um no plantão e três policiais nas ruas”, diz o delegado ressaltando que esteve reunido com o juiz, promotor e representantes no sentido de reiterar o pedido a SSP.

No final de janeiro o Portal Infonet mostrou que a violência crescente tem envolvimento com o tráfico de drogas.

Tobias Barreto

O centro comercial da região centro sul do Estado também é alvo de bandidos que impõem o medo entre comerciantes que evitam falar sobre o assunto. Para a delegada Ana Carolina Machado Jorge,

O delegado de Boquim diz que já solicitou reforço no efetivo Foto: Portal Infonet
o município tem um baixo efetivo o que prejudica ação da polícia.

“O que tenho sentido é que falta de policiais tem prejudicado o andamento dos nossos serviços. Delegacias que são pontos estratégicos, como essa de Tobias, estão a mercê. Para ter uma idéia, eu já fiquei na recepção atendendo o pessoal enquanto o policial ia atender uma ocorrência”, desabafa.

A delegada completa que as dificuldades abrem as fronteiras do Estado. “Tobias Barreto é fronteira e temos intercâmbio de criminosos entre Bahia e Alagoas. Como vamos coibir o crime? No meu entender as delegacias de fronteiras têm que ter uma atenção especial”, critica Ana Carolina.

Riachão do Dantas

A equipe do Portal Infonet mostrou com exclusividade que a delegacia de Riachão do Dantas, localizada também na região centro sul do Estado, distante 99 km da capital sergipana, ficou fechada por uma semana. O descaso com a população ficou mais

Em Tobias Barreto delegada diz que efetivo prejudica atendimento a população Foto: Portal Infonet
evidente quando flagramos dois policiais militares dormindo em um posto policial distante 12 km da cidade.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP) a delegacia já voltou a funcionar desde o dia 29 do mês passado.

SSP

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) confirmou o recebimento de uma série de solicitações de oficiais e delegados da própria instituição, incluindo militares e civis, além de promotores e juízes que pedem um reforço na segurança do interior do Estado. De acordo com a SSP algumas medidas têm sido tomadas no sentido de melhorar o policiamento, a exemplo da criação do Grupamento de Ações Táticas do Interior (GATI) e da aquisição de novas viaturas da Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (CPRv).

“A CPRv tem uma atribuição mais voltada para o trânsito mas a SSP vai ampliar o número de viaturas para que seja feito um policiamento ostensivo e repressivo no combate ao tráfico de drogas”,  afirma o assessor Lucas Rosário, completando que o problema da falta de efetivo deverá ser resolvido definitivamente com o concurso público para policia militar e civil previsto para ocorrer em 2011.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais