O teatro fica sem ar

0

Com essa Secretaria de Cultura, realmente, não há quem possa. De uma hora para outra, a Secretaria resolveu rescindir o contrato com a empresa que faz manutenção no ar condicionado do Teatro Tobias Barreto. Pegou só em um detalhe: a Secretaria deve seis meses à empresa. Quer passar um calote assim, sem mais nem menos? Fica só uma pergunta no ar: e se o ar pifar nos próximos dias, quem vai dar assistência e recuperá-lo? Por outro lado, depois de ceder a pauta do último domingo no Teatro Tobias Barreto, para o grupo trazido pela Petrobras para um trabalho sobre a música de Ary Barroso, a Secretaria deixou a equipe sem teto, cancelando a pauta. Não foi apresentada uma desculpa oficial, mas o titular da pasta teria tomado a medida, conforme disse, “para não dar cama para Zé Eduardo se deitar”. Ah, essa boa, não? (O Zé Eduardo aí é o ex-senador José Eduardo Dutra, atual presidente da Petrobras). Por Ivan Valença

Comentários