OAB/SE desmente denúncia da venda de lista de contatos

0

O presidente da OAB/SE Henri Clay Andrade

Na manhã desta segunda-feira, 9, o presidente da Ordem dos Advogados em Sergipe, Henri Clay Andrade, falou sobre a denúncia de um dos candidatos a eleições da nova diretora. De acordo com a denúncia, a OAB/SE estaria vendendo uma suposta lista de contatos por um valor de R$5000,00.

Em entrevista ao radialista e Deputado Estadual, Gilmar Carvalho, o presidente da OAB/SE deixou clara a posição da Ordem quanto às denúncias. “Essa taxa é prevista pela Legislação Federal Eleitoral da OAB, prevista no artigo 128 parágrafo 4. A OAB não vende e nunca vendeu lista para ninguém, nem para advogado. Toda eleição existe essa taxa, na eleição passada essa taxa foi de R$3500,00 e nessa eleição é de R$5000,00 para o registro da chapa”, destacou Henri Clay.

O presidente da Ordem disse ainda que essa taxa é fixada pelos conselheiros e não pelo presidente da OAB. “Essa taxa foi fixada pelos conselheiros cujos membros fazem parte da chapa 2 e 3. A lista do advogado já foi permitida inclusive com a isenção de taxa”, destacou.  

A nova diretoria da OAB/SE será escolhida em eleições diretas entre a classe dos advogados, pleito que será realizado no próximo dia 20.Estão aptos a votar todos os advogados inscritos na Seccional de Sergipe da OAB e que estejam adimplentes.

Três chapas concorrem ao pleito: Chapa 1, encabeçada por Carlos Augusto Monteiro Nascimento, tendo como vice Maurício Gentil; Chapa 2, encabeçada por Eduardo Macedo, tendo Aída Campos como vice, e Chapa 3, encabeçada por Emília Correa, tendo como vice Maurício Sobral.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais