Oito municípios decretam estado de emergência

0

Carmópolis foi um dos municípios mais afetados / Foto: Arquivo Portal Infonet
Depois das chuvas que deixaram um rastro de destruição e mais de quatro mil pessoas desalojadas e desabrigadas em Sergipe, a Coordenadoria Especial da Defesa Civil (Codec) encaminha esta semana ao governador Marcelo Déda os processos para que os decretos de emergência de oitos municípios (Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, Laranjeiras, São Cristóvão, Carmópolis, Pacatuba, Ilha da Flores e Neópolis), em situações degradantes, sejam homologados.

De acordo com o secretário Executivo da Codec, major Mateus, dentre as cidades que já tiveram a decretação de emergência em nível municipal, Aracaju, Carmópolis e São Cristóvão foram as mais atingidas. Nelas, 2.945 pessoas tiveram que deixar suas casas. A Defesa Civil Estadual continua auxiliando os municípios na elaboração dos processos, para que a União tenha poderes legais de ajudar financeiramente as regiões atingidas pelas chuvas, nos últimos 15 dias. Após a homologação do governador, o próximo passo é encaminhar os processos ao Governo Federal.

“O processo segue para Brasília para que o Governo Federal reconheça a situação dos municípios sergipanos e preste apoio, no sentido de reconstruir as cidades atingidas pelas fortes chuvas, além de enviar mais alimentos (cestas básicas), colchões, cobertores, lençóis, entre outros”, ressaltou major Mateus.

Até o momento, segundo dados enviados pelas prefeituras, os prejuízos somam R$ 75 milhões, mas este montante pode ser ampliado, já que outros municípios estão preparando relatórios e reivindicando sua inclusão na área de emergência. “Estamos aguardando que as outras cidades nos encaminhem as documentações”, frisou o secretário executivo da Codec.

Fonte: ASN

Comentários