Óleo nas praias: 30 navios de dez países estão sendo investigados

0
As investigações estão sendo concentradas na Diretoria de Portos e Costas da Marinha (Foto: Portal Infonet)

A Marinha do Brasil está investigando o destino e a rota de 30 navios internacionais, de dez diferentes bandeiras [países], para tentar identificar a origem e a responsabilidade pelo vazamento de óleo, cujas manchas estão espalhadas por todo litoral nordestino.

O ministro Gustavo Canuto, do Desenvolvimento Regional, revelou na tarde desta quarta-feira, 23, em visita a Sergipe, que as investigações estão sendo concentradas na Diretoria de Portos e Costas da Marinha.

Ele não ofereceu detalhes, mas revelou que as investigações foram iniciadas no mês de setembro e conta com cooperação de satélites americanos e europeus, além de apoio de organizações internacionais, que estão dando suporte à Marinha do Brasil nesse trabalho, além do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira e dos Centros Integrados de Segurança da Marinha.

“A análise que foi feita do óleo mostrou que, provavelmente, foram navios que trafegaram entre os dias 25 de agosto e 3 de setembro”, destacou o ministro. Essas rotas foram investigadas e os organismos envolvidos identificaram os 30 navios com 10 bandeiras que agora passaram a ser alvo da investigação. “Esses navios estão sendo investigados e foi solicitado, desde o início que mandasse uma amostra do óleo dos porões desses navios para que fosse comparado com o óleo cru identificado e também a definição das rotas que esses navios fizeram”, ressaltou.

Por Cassia Santana

Comentários