Operação da CPTran registra uma morte durante Carnaval

0
(Foto: Arquivo Portal Infonet)

Foram apresentados na manhã da quinta-feira, dia 19, os números da Operação Carnaval Seguro 2015 da Companhia de Policiamento de Trânsito(CPTran). A fiscalização, que foi iniciada na última sexta-feira, 13, seguiu até o meio-dia da quarta-feira, dia 18. As ações ocorreram nas imediações do Rasgadinho, no centro de Aracaju, e no caminho das praias.

Em comparação ao ano passado, houve queda nos registros, sendo 332 autos confeccionados em 2014 contra 233 neste ano. No ano passado, foram recolhidos 61 CRLVs e 50 CNHs. Já em 2015 foram 78 CRLVs e 28 CNHs. Foram ainda enviados para o galpão 61 veículos em 2015 contra 63 em 2014.

Segundo o comandante da CPTran, major Fábio Machado, a redução no número de autuações já era esperada, devido ao esvaziamento da cidade durante o Carnaval. Entretanto, a maior queda nas estatísticas está relacionada à Lei Seca. Em 2014, foram 41 pessoas autuadas no artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro. Este ano, foram apenas 17 condutores.

“Esse resultado para nós é motivo de alegria, pois verificamos uma mudança de comportamento. Infelizmente, ainda notamos que esta suposta conscientização se dá mais pelo medo de punição do que pelo perigo que tem a mistura entre álcool e direção. Mas, independente da natureza da consciência, o que importa para nós é o resultado, que leva à preservação de vidas”, destaca o major.

Com relação aos acidentes de trânsito, o número se manteve em comparação a 2014. “Foram 18 registros, porém, infelizmente, este ano tivemos uma morte, ocorrida no bairro Inácio Barbosa, na segunda-feira, quando um motociclista chocou-se com um poste”, aponta Fábio Machado.

Com informações da CPTran

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais