Operação Pipa deve começar em abril

0

A execução da Operação Pipa nas cidades do interior sergipano afetadas pela falta de água deve começar nos primeiros dias de abril, segundo informa o assessor de comunicação do 28º BC, o capitão Bueno. Na próxima semana será iniciado o levantamento das necessidades dos municípios beneficiados, relatório que será elaborado em parceria com as coordenadorias de Defesa Civil dos locais.   

As cidades de Canindé, Frei Paulo, Gararu, Monte Alegre, Nossa Srª da Glória, Nossa Srª de Lurdes, Poço Redondo, Poço Verde e Porto da Folha receberão a visita freqüente dos caminhões-pipa que serão contratados pelo Exército. O papel da instituição, por sinal, fica restrito à contratação e fiscalização dos carros. “Não participamos da execução da operação”, explica o capitão Bueno.

Há alguns meses os municípios sergipanos vêm sofrendo com a seca, mas o 28º BC apenas inicia o trabalho na primeira quinzena de março devido a um atraso no envio da verba pelo Ministério da Integração. Os recursos, na ordem de R$ 1,3 milhão, chegaram esta semana e permitirão a viabilização da Operação Pipa.

De acordo com a assessoria do Exército em Sergipe, as condições dos veículos utilizados neste trabalho serão analisadas antes da contratação dos ‘pipeiros’, como são chamados os donos de caminhões-pipa.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais