Operação prende cinco pessoas em Estância

0

Operação ocorreu na cidade de Estância (Foto: Arquivo Infonet)
Policiais da Delegacia Regional de Estância deflagraram no último fim de semana a operação “A Cura”, que visa cumprir mandados de prisão e reprimir o tráfico de drogas na região do bairro Cidade Nova, o mais popular daquela cidade.

Entre domingo, 29, e quarta-feira, 1º, cinco pessoas foram presas, sendo duas por tráfico de drogas, outras duas por receptação de produtos roubados e um quinto por roubo, receptação e tráfico. Este, apontado como autor de diversos assaltos no comércio estanciano, não terá seu nome divulgado agora, para não atrapalhar as investigações.

Os outros presos foram identificados: Márcio José São Pedro, 27 anos, e José Valter Souza de Jesus, 32, foram flagrados no domingo com dois botijões de gás e um ventilador, que foram roubados de uma residência no último dia 27. Segundo o delegado regional Marcelo Hercos Lyrio, os dois admitiram que compraram estes objetos de terceiros, mesmo sabendo que tratava-se de produto de roubo. Por conta disto, segundo o delegado, ambos responderão por crime de receptação dolosa.

Já na tarde de quarta-feira, os policiais da Regional prenderam Edivânia Conceição Santos, 26 anos, e Carlos Augusto de Jesus, 29, que mantinham uma boca-de-fumo no conjunto Mutirão, bairro Cidade Nova. Eles respondem judicialmente pelo crime de trafico de entorpecentes e eram investigados desde o final de abril deste ano. As investigações desdobraram-se em mandados de prisão e de busca e apreensão expedidos pela Vara Criminal de Estância. Na casa dos acusados, foram apreendidos dois quilos de maconha e dezenas de pedras de crack, já prontas para a venda. Hercos explica que o casal recebia as drogas de fornecedores, embalava-as em pequenos pacotes e repassavam-nas aos usuários.

O delegado esclarece que as duas duplas não têm ligação uma com a outra, pois tratam-se de crimes e atuações diferentes. Ambas estão presas na Delegacia Regional de Estância, à disposição da Justiça.

Segundo Hercos, o nome da operação é uma referência ao seriado de TV “A Cura”, em exibição pela Rede Globo, que conta a história de um homem misterioso tido como responsável por curas milagrosas em uma pequena cidade do interior. “Nós referimos esta ‘cura’ ao trabalho da polícia em reprimir o tráfico de drogas e retirar de circulação as pessoas que estejam causando problemas na comunidade da Cidade Nova.

Fonte: SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais