Operação São João de Paz coíbe tráfico de drogas e armas

0
Operação São João de Paz coíbe tráfico de armas e drogas (Foto: Reprodução/SSP)

Com dois dias em vigor, a operação 'São João de Paz' já realizou mais de nove mil abordagens e 28 prisões em rodovias federais, estaduais, nos municípios do interior e na capital. A ação tem o intuito de, com patrulhamento preventivo, coibir a entrada de armas e drogas em todo o período junino em Sergipe.

A operação contam com a integração entre Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), atuando em todo o Estado, e a Guarda Municipal de Aracaju (GMA), realizando patrulhamento em Aracaju, com foco em terminais de integração e transporte coletivo. 

O coronel Marcony Cabral, comandante geral da PM, explica o viés da operação. “Essa integração tem sido decisiva para ter um São João com muita tranquilidade. Ano passado tivemos um recorde de apreensões. Entendemos que o fenômeno da criminalidade está envolvido com o tráfico de drogas. Por isso que o combate acontece, e isso tem que continuar, para que os índices caiam”.

Coronel Marcony Santos, comandante geral da PM, destaca integração entre autoridades de segurança (Foto: Portal Infonet)

Flávio Vasconcelos, assessor de Comunicação da PRF diz quais as principais rotas de entrada de armas e drogas. “A BR-235 e BR-101 são pontos ontem há entrada e circulação de armas e entorpecentes, por conta das divisas com a Bahia e com Alagoas. Essa parceria aumenta a presença ostensiva gera uma inibição à criminalidade”, explica.

As autoridades de segurança pedem ainda a colaboração da população. Denúncias e informações podem ser fornecidas pelo Disque Denúncia, no telefone 181; pela Guarda Municipal, através do telefone 153; e ouvidoria da PRF, no 191.

Por Victor Siqueira 

Comentários