Operário ferido no viaduto do DIA tem quadro estável

0

Obras do Viaduto do DIA
O operário da obra do viaduto do DIA, Orlando Monteiro, que se acidentou na última quarta-feira, 1, está internado na UTI do Hospital de Urgências de Sergipe João Alves Filho (HUSE). O quadro clínico de Orlando é estável, mas, segundo a equipe médica do hospital, exige cuidados. Orlando sofreu uma descarga elétrica após aproximar um instrumento de metal dos fios de alta tensão com mais de 3.800 volts, e teve 52% do corpo queimado.

Segundo a assessoria do hospital, o operário está consciente e conversando e já respira sem aparelhos. No entanto o paciente não tem previsão de alta já que os ferimentos foram muito graves. Orlando teve queimaduras de segundo e terceiro grau no tórax, braços, face, pescoço e coxa. Provavelmente o operário terá de fazer cirurgias reparadoras após a recuperação.

O acidente aconteceu quando Orlando, que é assistente de topógrafo, encostou sem intenção uma fita métrica de alumínio em um fio de alta tensão. A assessoria de comunicação da construtora Celi, responsável pela obra, disse que o funcionário estava usando os equipamentos de segurança, o que teria evitado um quadro ainda mais grave.

A empresa ainda ressaltou que está prestando a assistência requisitada ao funcionário. Os médicos da Celi estão acompanhando diariamente o quadro de Orlando, assim como todos os medicamentos necessários estão sendo ofertados. A família está recebendo transporte e alimentação, e uma pessoa foi contratada para cuidar dos filhos de Orlando, enquanto sua esposa está no hospital.

Comentários