Pacatuba decreta Situação de Emergência por causa das chuvas

0

O município de Pacatuba decretou Situação de Emergência na manhã desta quarta, 14. De acordo com o último boletim da Defesa Civil Estadual, emitido na noite desta terça-feira, 13, as chuvas em Sergipe chegaram também ao município de Neópolis. Ao todo, já são mais de 2.900 pessoas atingidas no estado, entre desabrigados e desalojados. Até o momento, 1.520 casas foram danificadas, 85 destruídas e há 10 feridos.

A decretação da emergência é necessária quando o município precisa tomar medidas excepcionais, de urgência, ou ainda, já comprometeu toda sua capacidade administrativa. Em Pacatuba há, neste momento, 49 desabrigados ou desalojados, 10 casas destruídas e 15 danificadas.

As cidades de Ilha das Flores, Nossa Senhora do Socorro, São Cristovão e Carmópolis estão avaliando a necessidade de também decretar Situação de Emergência. Segundo as informações da Defesa Civil, em Aracaju já são 830 desalojados e 866 pessoas desabrigadas. São quatro pessoas feridas, 18 casas destruídas e 298 casas danificadas. Existem na capital sergipana, 121 pontos de alagamentos em praticamente todos os bairros

Em São Cristovão, são 142 desalojados, 175 desabrigados, um ferido, 12 casas destruídas e 452 casas danificadas. Em Itabaiana, são 236 casas danificadas, mas ninguém teve que ser removido de suas residências.

Até agora a Defesa Civil Estadual registrou ocorrências em 17 municípios: Aracaju, Tobias Barreto, Carmópolis, Maruim, Nossa Srª do Socorro, Pirambu, Santa Rosa de Lima, Laranjeiras, São Cristóvão, Estância, Barra dos Coqueiros, Itabaiana, Salgado, Pacatuba, Ilha das Flores, Brejo Grande e Neópolis.

Por enquanto, os números contabilizados apontam que em Sergipe 1.479 estão desalojadas, ou seja, deixaram suas casas e estão em casas de amigos e parentes, e outras 1.439 desabrigadas. Os municípios com maior número de registro deste tipo são Aracaju, Carmopólis, Socorro e São Cristóvão. Na capital, 447 pessoas estão abrigadas em seis escolas estaduais.

Providências


A Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides) providenciou materiais e alimentações para atender os municípios atingidos pelas chuvas. Ao todo, a Secretaria já enviou mais de 570 colchões, 475 lençóis, 565 cobertores, 155 filtros e 2.238 cestas básicas para atender às cidades com mais necessidade.

Outros gêneros alimentícios também foram distribuídos às famílias atingidas através da Seides, a exemplo de 1.295 sanduíches, 1.600 achocolatados, 15 kg de açúcar, 152 pacotes de leite em pó, 40 pacotes de biscoito doce, 43 de biscoito salgado e 12 unidades de sucos de frutas de 500 ml.

Fonte: ASN

Comentários