Padastro estuprou enteada na frente da própria filha em Carmópolis

0
Delegado Wanderson Bastos conta detalhes da investigação (Foto: Portal Infonet)

O homem preso acusado de estuprar a enteada de oito anos de idade, no município de Carmópolis, cometia o crime na frente da própria filha e do irmão da vítima, com 13 e 6 anos, respectivamente. O padastro também é acusado de estuprar duas menores no estado de São Paulo.

As investigações foram de responsabilidade do delegado Wanderson Bastos, que contou detalhes sobre o caso nesta sexta-feira, 15. As provas testemunhais dão conta de que menina vinha sofrendo abusos do padrasto desde o ano passado, mas apenas há cerca de dez dias, os gritos da criança foram ouvidos. Neste dia, os abusos foram cometidos pelo homem em um colchão em que também estavam deitadas as outras duas crianças. “Uma senhora que mora de favor na casa da família ouviu os gritos e questionou o que estava acontecendo. Mas por conta da baixa mobilidade, não conseguiu chegar até onde eles estavam e os abusos continuaram”, disse o delegado.

Após o fato, a mãe, que faz uso de medicamento controlado, notou um comportamento diferente na menina. A vítima foi questionada e narrou os fatos. A mãe acionou o Conselho Tutelar e a investigação foi iniciada pela Polícia Civil. “Os depoimentos das crianças foram gravados. O irmão da vítima conta com detalhes como o abuso aconteceu”, fala Wanderson Bastos.

O homem está sob prisão temporária de 30 dias, decretada pela justiça de Carmópolis. O delegado também pedirá a prisão preventiva. O nome do acusado não foi divulgado para que a identidade da vítima também seja mantida em sigilo.

Vítimas em São Paulo

O homem está sendo acusado de estuprar outras duas menores em São Paulo. Interrogado pelo delegado, o suspeito conta que “namorou” as vítimas. “Há informações que ele fugiu de lá após as acusações. Vamos entrar em contato com a delegacia da região para saber mais detalhes”, diz.

por Jéssica França

Comentários