Pai e filha são agredidos por vizinho na zona norte

0

Mercearia onde houve as agressões no Santos Dummont (Fotos: Victor Hugo/Portal Infonet)
A comunidade do bairro Santos Dumont, zona norte de Aracaju, ainda está chocada com um mais um caso de violência que aconteceu na região. Por volta das 9h, deste sábado, 26, um homem e sua filha foram vítimas de tentativa de homicídio com arma de fogo e facadas por um vizinho.

O comerciante Manuel Ricardo Oliveira, de 58 anos, estava na mercearia, localizada na avenida  Euclides Figueiredo, acompanhado de sua filha Lindimar da Silva Oliveira, de 29 anos, quando um vizinho entrou no estabelecimento e começou a agressão.

De acordo com o sargento Andrade que foi um dos primeiros policiais a chegar no local o homem teria disparado vários tiros contra o comerciante. Na tentativa de impedir a violência, a filha foi esfaqueada pelo vizinho. O sargento não soube informar a motivação do crime, disse apenas que será alvo de investigação pela polícia civil.

A equipe do Portal Infonet esteve no local minutos após o crime e moradores que testemunharam a ocorrência, afirmam que o vizinho portava arma de fogo, duas facas, além de três garrafas de 600 ml, contendo gasolina e dois pequenos explosivos.

O agressor se encontra no Hospital Nestor Piva
Na ação, o vizinho descontrolado disparou três tiros em  Manuel e agrediu Lindimar com facadas. De acordo com o o sargento Moraes da Radiopatrulha, o autor da tentativa de homicídio, foi identificado como Manoel Gomes dos Santos, de 63 anos. Ele conta que no momento que chegaram ao local do crime, soube que o genro do comerciante avistou a situação e partiu para uma briga corporal com o homem, conseguindo desarmá-lo.

Segundo informações de testemunhas, o homem iria usar as garrafas com gasolina para causar explosão no local. “Além disso, houve tentativa de linchamento do homem pelos moradores da localidade”, conta o sargento. Manoel foi levado para o Hospital Nestor Piva no carro do Serviço de Atendimento Móvel (SAMU), acompanhado de policiais militares.

Vizinhos afirmam que homem queria explodir o local
Indignação

Bastante abalada com o caso, a neta do comerciante, Thamires Stefani da Silva, de 17 anos, conta que ninguém sabe os motivos para tamanha violência e crueldade.

“Meu avô mora aqui a mais de 30 anos aqui e isso nunca aconteceu” conta, ainda abalada. Segundo a adolescente, as vítimas foram encaminhadas ao Hospital de Urgência de Sergipe  pela própria família”, diz.

Outros moradores contam que a autor da tentativa de homicídio morava a aproximadamente cinco meses no bairro e não tinha família. Os policiais apuraram que Manoel veio da cidade de Nossa Senhora das Dores, municipio distante 76 km da capital sergipana.

Huse

A assessoria de comunicação do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) informa que é grave o estado do paciente Manuel Ricardo Oliveira Santos, de 57 anos de idade, vítima de uma tentativa de homicídio no bairro santos Dumont. Segundo a assessoria o comerciante levou três tiros no tórax e foi encaminhado para o Centro Cirúrgico.

A filha de Manuel, Lindimar Rejane Oliveira, de 29 anos, sofreu um corte no ombro direito, recebeu o devido atendimento no setor de trauma e foi liberada.

* A matéria foi alterada ás 12h40 para acréscimo de informações

Por Victor Hugo e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais