Pantanal: casas permanecem fechadas

0

A casa permanece fechada
O silêncio e o medo permanecem presentes na comunidade da invasão do Pantanal. Uma semana após uma família ter ficado refém de traficantes durante três dias, vizinhos assustados ainda se recusam a falar sobre o assunto.

As cinco casas de pessoas de uma mesma família que foram expulsas do local permanecem fechadas. Uma delas com placa de venda. O promotor de Justiça Deijaniro Jonas afirmou que todos estão sobre proteção do Estado. 

Nesta quarta-feira, 18, a polícia voltou ao local onde realiza o policiamento ostensivo. Até o momento nenhum dos acusados de terem feito a família refém foram presos.

Por Kátia Susanna

Comentários