“Para o governador se tocar”

0

Olha ele aí de novo, gente… José Carlos Teixeira, secretário de Cultura, não se cansa de aprontar… Com o orçamento para 2004 estourado – tudo já está comprometido até o final do ano – o secretário tem permitido que o maestro “estrangeiro”, o cearense Gladston Carvalho, faça despesas mensais que ultrapassam os R$ 30 mil. Ele deixa os gestores financeiros desesperados quando chega com as dívidas que assumiu sem avisar a ninguém. Explicação de José Carlos Teixeira: “Deixa assim que é para o governador se tocar…”. Isso lá são palavras de um secretário de Estado? Mas, também o que ele anda falando da Primeira Dama… Agora, no afã de arranjar “grana” para os seus vôos, o secretário suspendeu os contratos com vigilantes e os bilheteiros dos Teatros… Isso ainda vai render… Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais