Pastéis: vingança foi motivação do crime

0

O acusado foi ouvido na 5ª Delegacia e liberado para responder pelo crime de homicídio qualificado
Policiais Civis da 5ª Delegacia Metropolitana, em Nossa Senhora do Socorro, comandados pelo Delegado Marcos José Garcia da Rocha, localizaram na manhã desta segunda-feira,11, José Tavares da Silva Filho, de 52 anos, acusado de ter envenenado os pastéis ingeridos pelo fretista Roberto Batista dos Santos, de 58 anos, e pelo filho dele, um adolescente de 16 anos, na última quinta-feira, 07.

Segundo os policiais, José Tavares confessou o crime, informando que envenenou os pastéis para se vingar do adolescente, que segundo o acusado, já teria por diversas vezes furtado seus objetos. Na delegacia, José Tavares confessou que após ter recebido na manhã da quinta-feira mais uma ameaça de Betinho, premeditou o crime para dar um basta na situação.

Ele teria comprado o veneno para ratos conhecido popularmente como “chumbinho” e recheado os pastéis. Logo depois, os ofereceu ao adolescente, mas não imaginava que o pai do menor também os comeria. “Eu não sabia que os pastéis também seriam ingeridos pelo pai do menino, não tenho nada contra ele”, se defendeu José Tavares.

Para o delegado Marcos Garcia, “com o interrogatório do acusado e sua confissão detalhando toda a ação criminosa o caso está esclarecido, identificando assim o autor do fato e sua motivação”. 

Fonte: SSP

Comentários