PEC 300: “falta vontade política”, diz representante da Absmse

0

O sargento Edgar Menezes Foto: Arquivo Portal Infonet
Na tarde desta segunda-feira, 26, em entrevista à equipe do Portal Infonet o representante da Associação Beneficente de Servidores Militares de Sergipe (Absmse), sargento Edgar Menezes, fez duras críticas com relação ao descaso que a segurança pública enfrenta no país.

O sargento destacou que no último dia 6 desse mês esteve em Brasília participando de uma caminhada a favor da votação da PEC 300 e que durante a manifestação chegaram a ser barrados pela tropa de choque da cidade.

“Não houve confronto, mas foi constrangedor colocar policial contra policial. O problema da falta da votação da PEC até o momento é vontade política. Isso mostra o descaso do país com relação à segurança pública”, afirmou o sargento.

Edgar diz que apesar da pressão que tem sido feita para a aprovação da PEC 300, acredita que o projeto seja votado somente no meio do ano. “Estamos aguardando a votação no segundo turno na Câmara dos Deputados para voltar para o Senado e só depois poder ser votado em definitivo no executivo, mas acredito que só seja votada lá para o meio do ano, em meados de julho”, observa.

Comissão de Segurança

O sargento Edgar afirma que a luta atual da Associação Beneficente de Servidores Militares de Sergipe é pela implantação da comissão de segurança pública. “A comissão foi criada em 2007, mas até hoje não foi formada pela Assembléia Legislativa. Isso é um descaso, pois já estamos em 2010. Essa comissão é importante para discutir a segurança pública com aqueles que fazem as leis”, diz Edgar.

“Toda segunda-feira vamos estar na assembléia cobrando um posicionamento dos deputados com relação à formação dessa comissão”, destaca.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais