Pedroso afirma que associação não representa os militares

0

O coronel Pedroso afirma que a associação não representa a tropa
Na tarde desta quinta-feira, 10, o comandante da Polícia Militar, coronel José Carlos Pedroso, afirmou ao Portal Infonet que a punição de detenção de cinco dias do sargento Vieira não tem nada de ilegal. Segundo Pedroso o sargento teve direito a se defender, tendo direito a um advogado para acompanhar o caso.

“Abrimos um procedimento para apurar as declarações feitas pelo militar em uma emissora de rádio e ele teve o amplo direito a defesa, mas entendemos que ele cometeu uma transgressão disciplinar. O sargento estava de férias, esperamos que ele retornasse e foi dado um prazo de cinco dias para que ele se prepare e até mesmo possa pedir uma reconsideração de ato para que o subcomandante analise se será favorável ou não”, esclarece.

Sobre a questão da representação de classe Pedroso deixa claro que quem representa

O sargento terá que se apresentar para a detenção no dia 15
os militares é o comandante. “As associações representam os associados, sendo assim quem fala pelos militares, quem responde pela tropa é o comandante. As associações podem até levar propostas de melhorias para a categoria, mas não falar em nome da corporação”, afirma o comandante.

Punição

Pedroso diz que nesta quinta-feira, 10, o sargento Vieira concedeu várias entrevistas a imprensa. “Vamos analisar tudo que foi falado e se tiver algo que venha de encontro com o regimento militar será instaurado uma sindicância para apurar os fatos”, explica.

Greve de Fome

Na última quarta-feira, 9, a equipe do Portal Infonet conversou com o sargento Jorge Vieira que garantiu que durante a detenção fará greve de fome.

Por Kátia Susanna  

Comentários