Perícia de abuso sexual será feita na Maternidade Hildete Falcão

0

Em audiência realizada ontem, 20, no Ministério Público de Sergipe, foi discutido o atendimento dos casos de abuso sexual cometidos contra crianças e adolescentes no Instituto Médico Legal (IML).

A discussão envolveu o Núcleo de Apoio à Infância e à Adolescência (Naia), do MP, médicos legistas, conselheiros tutelares e de direitos, e representantes de órgãos públicos e de projetos sociais, que debateram a melhoria da rede de  atendimento especializado para crianças e adolescentes vítimas da violência sexual.

Ficou definido que a perícia médica realizada pelo Instituto Médico Legal (IML) com crianças, adolescentes e mulheres vítimas de abuso sexual passará a ser feita pela Maternidade Hildete Falcão, com o remanejamento de uma perita do IML. Um termo de conduta será assinado na próxima reunião, ainda sem data definida, para formalizar a decisão.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais