Período de chuvas aumenta ocorrências de acidentes com postes

0
Em Sergipe, foram 70 ocorrências esse ano (Foto: Energisa)

No período de chuvas aumenta o número de ocorrências de acidentes de trânsito envolvendo postes. A pista molhada, associada à falta de atenção, alta velocidade ou até mesmo a ingestão de álcool, contribuem para este cenário.

As colisões em postes podem causar consequências graves para o condutor e passageiros do veículo, como risco de choque elétrico, inclusive para quem está nas proximidades e, não menos importante, o interrompimento da distribuição de energia elétrica para milhares de clientes. Na noite de domingo (11), um acidente no bairro Aruana, em Aracaju, deixou aproximadamente 3 mil consumidores sem o serviço na localidade. A Energisa imediatamente mobilizou equipes para solucionar o problema, e após 6 horas o fornecimento foi restabelecido.

Muitas vezes esse processo pode ser demorado, pois geralmente os acidentes acontecem no período da noite, onde a visibilidade é menor e é necessária a substituição de um ou mais postes. “Existem casos em que o dano à rede é tão grave que é necessário trocar mais de um poste. Mesmo com nossa tecnologia para minimizar a quantidade de clientes atingidos, a região mais próxima da ocorrência vai ficar comprometida durante esse intervalo de tempo, pois é preciso realizar um desligamento emergencial para o serviço”, explica o Gerente de Construção e Manutenção da Energisa Sergipe, Wilton Leal.

Segundo dados da distribuidora, dentro da área de concessão da empresa no estado, foram registradas mais de 70 ocorrências só este ano, a mesma quantidade registrada no mesmo período em 2020. O número é considerado alto, levando em consideração os últimos decretos do Governo, que limitam a circulação de pessoas nas ruas.

Outro fator relacionado aos acidentes com postes, é a responsabilidade de quem irá arcar com os prejuízos. O custo da substituição de cada poste pode variar de R$ 4 mil a R$ 25 mil, que será obrigatoriamente cobrado do infrator/condutor do veículo causador do sinistro. O valor pode variar dado que este é calculado de acordo com o tipo de estrutura, assim como dos equipamentos necessários que serão repostos para a restauração do pleno funcionamento da rede elétrica. “Os motoristas precisam de mais atenção e respeito com as leis de trânsito e não é somente pelo custo do serviço, mas principalmente devido ao contexto em que estamos vivendo, onde milhares de pessoas estão trabalhando home office e unidades de saúde, como hospitais e postos de vacinação, que não podem ficar sem energia”, ressalta o Gerente de Operações da Energisa, Daniel Flor.

A Energisa atua em parceria com a SMTT realizando ações que conscientizem o condutor da importância de dirigir com segurança e responsabilidade.

 Saiba o que fazer

Nunca se deve sair do veículo, pois pode haver risco de choque elétrico, mesmo que não tenham cabos aparentes. A Energisa deve ser acionada de imediato para realizar todos os procedimentos com segurança.

Em caso de acidente e quando houver falta de energia na rede elétrica, entre em contato com os canais da Energisa:

Call Center: 0800 079 0196

Site:energisa.com.br

WhatsApp (Gisa): (79) 98101-0715

Aplicativo Energisa On (disponível no Google Play ou App Store do celular)

Fonte: Energisa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais