Petrobras deve apresentar hoje contraproposta aos petroleiros

0

Hoje é o último dia para a Petrobras apresentar a contraproposta para as negociações de reajuste salarial com os petroleiros, após quatro reuniões de negociação realizadas. De acordo com Clarkson Nascimento, diretor da Federação Única dos Petroleiros – FUP – e membro da diretoria do Sindicato dos Petroleiros de Sergipe – Sindipetro -, 240 mil petroleiros em todo o país poderão entrar em greve caso as negociações não evoluam.

 

A pauta de exigências dos trabalhadores, que foi entregue a empresa no dia 3 de agosto deste ano, tem 168 itens. “Mas existem alguns pontos que nós consideramos inegociáveis, tais como isonomia para os novos contratados; reposição integral para ativos e aposentados; correção no limite de idade para aposentadoria dos trabalhadores que entraram na empresa nos anos de 1978 e 1979; reposição das perdas a partir de 1994, que dá um total de 36,03% e reposição do período, que equivale a 13,21%”, explicou Nascimento.

 

Segundo o sindicalista, além de beneficiar os 37 mil empregados da empresa, os 60 mil aposentados e pensionistas a pauta de negociação também pretende melhorar a situação dos 140 mil trabalhadores terceirizados contratados pela estatal. “Principalmente os itens relacionados a segurança e meio-ambiente”, afirmou. A resposta da Petrobras deverá ser anunciada até às 17 horas.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais