Petrobras seleciona projetos na área da infância

0

Entidades governamentais e não-governamentais podem enviar projetos ao Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA) até a próxima segunda-feira, 19. Em uma reunião ocorrida na última quinta-feira, 8, em Brasília, a empresa anunciou aos presidentes de todos os conselhos estaduais do país a existência de verba a ser destinada a ações na área da infância e adolescência.

 

Os projetos na área da infância e adolescência serão analisados, primeiramente, pelos CEDCAs e enviados à Petrobras, que fará uma última seleção. As propostas poderão ser de no mínimo R$ 100 mil e no máximo R$ 250 mil, projetos com valores acima desses devem comprovar as outras fontes de recurso.

 

As propostas podem ser de desenvolvimento de ações de atendimento, sistemas de informações e de monitoramento e avaliação e devem atender a uma das cinco linhas indicadas pela empresa, são elas: combate ao trabalho infantil, à exploração sexual, à violência doméstica, desenvolvimento de medidas sócio-educativas e promoção da convivência familiar e comunitária.

 

A instituição proponente deve estar registrada no Conselho Municipal da sua cidade e ter a aprovação do projeto registrada em ata, com exceção dos projetos com abrangência estadual e intermunicipal, que deverão apresentar a ata de aprovação no Conselho Estadual. Não poderão participar da seleção projetos cujo público-alvo localize-se nos municípios de área de influência da Petrobras.

 

O Instituto Recriando disponibiliza em seu site um roteiro para apresentação de projetos à Petrobras, via CEDCA, e um modelo de planilha orçamentária utilizada pela empresa para o repasse dos seus financiamentos.

Comentários