Petroleiro morre no hospital

0

O petroleiro sergipano Sérgio Santos Barbosa, de 41 anos, morreu na manhã da última quinta-feira num hospital do Rio de Janeiro. Ele foi vítima do acidente na plataforma P-36 da Petrobrás. Sérgio teve 98% do corpo queimado e morreu de parada cardio-respiratória. O Sindipetro realizou ato de protesto pedindo mais segurança. A direção da Petrobrás mandou celebrar uma missa em memória dos petroleiros mortos no acidente.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais