Petroleiros continuam em greve em Carmópolis

0

Presidente do Sindipetro, Toeta, diz que a greve continua (Foto: Arquivo Infonet)
Os petroleiros da empresa Este Petróleo, em Carmópolis, continuam com as atividades em greve e dez sondas de produção de petróleo estão paradas em Sergipe, além de duas na Bahia.“Há meses estamos em negociação com a empresa que vem enrolando e não atendeu o conjunto das reivindicações apresentadas pelos petroleiros”, disse Stoessel Chagas, o Toeta, diretor do Sindipetro AL/SE.

A greve teve início na sexta-feira, 14. Na tarde dessa segunda-feira, 17, a empresa apresentou uma contraproposta que não contemplou os operários. Nesta terça-feira, 18, em assembléia realizada pela manhã, a contraproposta apresentada pela Estre Petróleo foi rejeitada por unanimidade pelos trabalhadores.

Os petroleiros em greve reivindicam reajuste de 6% nos salários; valor do ticket alimentação em R$ 250,00; isonomia pelo maior salário em cada função; pagamento retroativo (função júnior) em 30 dias; limitação do tempo do transporte em uma hora; recebimento do pré-embarque; plano de saúde único para todos; especificar data de pagamento dos salários no acordo coletivo de trabalho.

“Enquanto a empresa não atender as reivindicações, a greve continua. O Sindipetro está garantido toda a estrutura da greve para que a vitória dos trabalhadores seja alcançada”, afirmou Toeta.

Comentários