Petroleiros decidem se paralisam atividades a partir do dia 19

0

A Federação Única dos Petroleiros – FUP – rejeitou a proposta de reajuste oferecida pela Petrobrás na reunião realizada na última sexta-feira, dia 8, e está indicando greve a partir do dia 19 deste mês. Segundo nota enviada pela FUP à imprensa, essas indicações serão avaliadas por assembléias da categoria, em diversas regiões do país, que começaram dia 9 e terminam no próximo dia 13.

 

No encontro entre os sindicalistas e a empresa, foi oferecido um reajuste de 12,1% para a categoria. O reajuste seria, segundo a Petrobras, maior do que as perdas com a inflação, que representam 7,81%. Além disso, a empresa propôs um novo plano de previdência complementar para os empregados novos. A FUP, entretanto, rejeitou as propostas.

Os sindicalistas querem a reposição da inflação e mais um ganho real de 5%, além da inclusão dos funcionários novos no plano de previdência Petros. No indicativo de greve, a FUP está propondo uma paralisação de cinco dias, a partir do dia 19, com parada e controle da produção nas unidades da Petrobras.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais