PF dá detalhes da apreensão de 14kg de crack

0

Foto: Divulgação / PF
“É uma quantidade de drogas suficiente para causar prejuízos a muitas famílias”. Com essa frase o delegado Marcos Custódio, da Polícia Federal (PF), definiu mais uma apreensão de drogas realizada pela instituição em Sergipe. Os agentes da PF encontraram 14 kg de crack em um caminhão no trecho da BR-101 que passa pela cidade de Cristinápolis.

Ao ser parado pelos policiais federais, que utilizaram a estrutura da Polícia Rodoviária Federal naquela área, o motorista do caminhão tentou fugir, mas foi impedido. Ao serem interceptados pelos agentes, o condutor e outros dois homens apresentaram nervosismo, levando a polícia a desconfiar da carga, encaminhá-los à sede da PF em Aracaju e localizar o material entorpecente.

De acordo com Custódio, não é possível afirmar qual o destino da droga encontrada na boléia de um caminhão que vinha de São Paulo. “Sabemos que o destino final era o estado da Paraíba, mas o produto poderia ficar no meio do caminho”, justifica o delegado. Apesar de o veículo ter origem no estado paulista, dois dos três presos são nordestinos (um sergipano e um cearense).

O combate ao tráfico de drogas em Sergipe foi intensificado pela PF devido à proximidade co carnaval, período no qual a oferta procurar suprir a demanda crescente pelos produtos ilícitos. As atividades de fiscalização dos policiais federais serão intensificadas nas estradas que cortam o estado durante o período que antecede a folia de Momo.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais