PF emite nota sobre confusão em balsa no Mosqueiro

0

A Polícia Federal (PF) convocou a imprensa na tarde de segunda, 12, para falar sobre a autuação de um gerente da empresa responsável pelo transporte de veículos e passageiros entre o Mosqueiro e a cidade de Itaporanga. Contudo, apenas uma nota oficial foi distribuida aos jornalistas. Informações dão conta de que o homem teria impedido uma juíza federal de realizar a travessia na balsa sem pagar a taxa.

Segundo a nota da PF, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência por desacato em face de Magistrada Federal. Ainda segundo a nota, o gerente foi liberado posteriormente por se tratar de crime de menor potencial ofensivo, mas assumiu compromisso de comparecer à Justiça quando solicitado.

Não foi informado se o automóvel estava a serviço da Justiça ou se era um carro particular da juíza, no momento da confusão.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais