PF inicia operação contra venda de anabolizantes em SE e dois estados

0

A Polícia Federal deflagrou nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira, 25, a operação “Reação Adversa”, com o intuito de cumprir oito mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva contra um grupo que lucrou cerca de R$ 1 milhão em Sergipe, Bahia e Minas Gerais. A operação foi iniciada após a descoberta de uma quadrilha responsável pela importação, produção, distribuição e comércio de anabolizantes nos três estados.

De acordo com a PF, as investigações tiveram início a partir da prisão em flagrante de um indivíduo, em outubro de 2018, no instante em que tentava despachar aproximadamente 60 (sessenta) unidades de anabolizantes através de empresa de transporte de cargas.

“O aprofundamento das investigações revelou a existência dessa organização estruturada em forma de empresa, cujos membros possuíam funções específicas, tais como a de adquirentes de fármacos diretamente de fornecedores sediados na China, os receptadores dos produtos no Brasil, os encarregados por manipular e produzir os anabolizantes e, por último, os vendedores”, detalha a polícia em nota enviada à imprensa.

Conforme a nota, os membros da organização se utilizavam de codinomes como forma de manterem suas identidades ocultas e criavam perfis em redes sociais com o objetivo de distribuir os anabolizantes. “Para aumentar seus lucros com a venda ilegal, os investigados adulteravam os produtos comercializados, bem com enganavam seus clientes mediante a troca dos rótulos dos fármacos.”, complementa.

Aracaju

A PF informou que em Aracaju foram localizados imóveis que eram utilizados pelo grupo como uma espécie de laboratório e depósito das substâncias. “Os envolvidos responderão pela prática de crimes de contrabando, falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais, lavagem de dinheiro e organização criminosa.”, conclui a nota.

por Daniel Rezende com informações da PF

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais