PF investigará assalto a recenseadoras do IBGE em Aracaju

PF investigará assalto a recenseadoras do IBGE em Aracaju (Foto: Tânia Rego/ EBC)

O Instituto Brasileiro de Geográfico e Estatística (IBGE) confirmou nesta sexta-feira, 5, que a Polícia Federal investigará o assalto praticado contra duas recenseadoras da entidade durante o trabalho de coleta de dados no bairro Cidade Nova.

Segundo a chefe da unidade estadual do IBGE em Sergipe, Adriane Almeida, os servidores que trabalham no IBGE utilizam equipamentos que são patrimônio público federal. Ela explica que os equipamentos são rastreáveis e não possuem valor de mercado porque são adquiridos para uso exclusivo da pesquisa do órgão.

“Qualquer extravio que aconteça em nossos equipamentos cabe a Polícia Federal fazer a investigação e o infrator responde de acordo com essa investigação”, salienta.

Ainda de acordo com a chefe da unidade estadual, o sigilo das informações segue garantido porque os dados contidos no disposto móvel de coleta podem ser apagados por servidores do IBGE de maneira remota. “Assim, é importante que as pessoas continuem respondendo as questões do IBGE porque esse sigilo está assegurado de todas as formas”, destaca”, destaca.

Entenda

De acordo com as informações iniciais, as vítimas foram abordadas por um homem que estava de bicicleta em via pública. O autor do crime então exibiu uma arma de fogo e anunciou o roubo. As vítimas tiveram os equipamentos de trabalho e objetos pessoais levados pelo suspeito. O caso foi registrado na 3ª Delegacia Metropolitana (3ª DM).

A Polícia Civil solicita que informações e denúncias sobre o autor do crime sejam repassadas ao Disque-Denúncia, por meio do telefone 181. O sigilo do denunciante é garantido.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais