PF: morador de Tobias Barreto é suspeito de causar desordem eleitoral

0
O TCO foi encaminhado ao juízo da 23ª Zona Eleitoral de Tobias Barreta/SE, competente para processar e julgar o caso (Foto: Portal Infonet)

A Polícia Federal formalizou um Termo de Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra um morador da cidade de Tobias Barreto, Centro-sul sergipano. Segundo a PF, a ação é um desdobramento da Operação da PF realizada nesta sexta-feira, 13, quando foi cumprido um mandado de busca e apreensão na cidade, objetivando colher elementos probatórios da prática dos crimes de injúria e difamação contra a Justiça Eleitoral de Tobias Barreto.

Segundo a PF, o TCO foi lavrado “em virtude da pessoa investigada ter seguido na promoção de desordem com o intuito de prejudicar os trabalhos eleitorais e de ter desobedecido a ordens emanadas da Justiça Eleitoral”, afirma o órgão federal. “Dessa maneira, foi formalizado o TCO em seu desfavor pelo cometimento dos crimes dos arts. 296 e 347 do Código Eleitoral, que podem resultar em penas ao infrator que vão desde imposição de multa até detenção por até um ano”, resumiu a PF.

A Polícia Federal esclarece, por fim, que não concede segurança a candidato, membro de agremiação partidária ou eleitor em Sergipe, sendo inverídica qualquer informação circulada ao público nesse sentido.

O TCO foi encaminhado ao juízo da 23ª Zona Eleitoral de Tobias Barreta/SE, competente para processar e julgar o caso.

por João Paulo Schneider

Com informações da PF

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais