Pirambu: ocupantes podem ser despejados em 10 dias

0

Moradores se aglomeram em frente à Alese (Fotos: Portal Infonet)

Na manhã desta quinta-feira, 05, moradores dos conjuntos Praia do Sol e Reinaldo Moura, localizados em Pirambu, realizaram mais ato na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) contra a desocupação da área ocupada, onde será construído um resort. As 1800 famílias já foram notificadas e podem ser despejadas em 10 dias

Os moradores alegam que o local pertence à Superintendência de Patrimônio da União (SPU). Na manhã de hoje, representantes do Movimento de Moradia Popular de Pirambu seguiram até a sede da SPU para pedir um ofício que comprove que a área pertence à União

O coordenador da ocupação do Movimento de Moradia Popular de Pirambu, Sandro José dos Santos, explica que a empresa responsável pela construção do resort não pode iniciar as obras. “A empresa não pode construir numa área que pertence à União. Nós fomos informados que temos que desocupar a área em 10 dias”, diz.

No último mês de abril, os moradores dos conjuntos Praia do Sol e Reinaldo Moura, localizados em Pirambu, município sergipano, bloquearam a rodovia SE 100. O bloqueio durou mais de seis horas e foi motivado, segundo populares, pelo corte da energia elétrica, provocado por uma ordem de despejo dos ocupantes dos conjuntos.

Sandro José dos Santos "A empresa não pode construir numa área que pertence à União"

Por Eliene Andrade

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais