PM é preso por extorsão e porte ilegal de arma

0

Presos foram encaminhados para a 1ª DM (foto: Arquivo Portal infonet)

Um policial militar (PM) foi preso na manhã desta terça-feira, 1º, acusado de cometer extorsão contra um comerciante. A PM2 (Setor de Inteligência) e o Getam (Grupamento Especial Tático de Motos) fizeram a prisão às 11h, na Passarela das Flores do mercado de Aracaju, no momento marcado para que o policial recebesse o dinheiro em troca dos documentos retidos do empresário.

O PM estava acompanhado de outro homem à paisana que também se passava por policial com documento falso xerografado. De acordo com o assessor de comunicação da PM e chefe da 5ª Seção, coronel Paulo César Paiva, já foi confirmado que o comparsa se trata de um civil e também foi detido.

“Eles foram presos em flagrante e encaminhados para a 1ª Delegacia. O sargento da ativa também estava portando um revólver de calibre 38 com a numeração raspada, o que também configura crime por porte ilegal de arma”, diz o coronel, informando que o policial foi reconduzido para o Presídio Militar do Estado de Sergipe (Presmil) onde está a disposição da Justiça.

O Coronel Paiva informa também que a Polícia Militar irá abrir um Procedimento Administrativo de Apuração Disciplinar (PAAD) para avaliar a conduta do policial e decidir se ele permanecerá como membro da corporação. “É importante destacar que a PM não admite desvio de comportamento de seus integrantes. E situação como esta  é cortada na carne. E posso afirmar que a PM de Sergipe é composta de maioria absoluta de homens e mulheres de condutas ilibadas e que se arriscam diariamente pela sociedade”, ressalta o Coronel, acrescentando que o próprio comerciante denunciou o caso à PM, que investigou e seguiu o protocolo como seria feito com qualquer outro cidadão.

por Raquel Almeida

Comentários