PM observa redução de homicídios em Itabaiana

0

Dados da PM (Foto: reprodução)

O 3º Batalhão da Polícia Militar (BPM) divulgou a estatística dos crimes registrados no exercício de 2013 na região Agreste do Estado. Apesar da redução em torno de 67%, a incidência de homicídios registrados na cidade de Itabaiana ainda é preocupante.

De acordo com a estatística, em 2013 foram registrados 43 homicídios contra os 64 ocorridos no ano anterior, configurando uma redução em torno de 67%. A estatística oficial da PM destaca que dos 43 homicídios, 30 foram atendidos de imediato pela equipe da PM e os outros 13 receberam os primeiros atendimentos da polícia civil.

Os dados do BPM indicam que, em 2013, a polícia atendeu a 1.771 ocorrências diversas registradas nos 14 municípios da região Agreste do Estado, com 88 envolvendo adolescentes em conflito com a lei. No período, foram realizadas 450 prisões em flagrantes envolvendo variados crimes, com predominância para o roubo, furto e lesões corporais.

O major Reinaldo Chaves, comandante do 3º BPM, observou que a faixa etária das vítimas de homicídios está entre os 15 anos e 25 anos. Na maioria dos homicídios, segundo o major, há relação com o tráfico, seja pelo domínio dos pontos ou por débitos decorrentes do comércio de drogas.

A estatística revela também, conforme o major Chaves, que a maior incidência dos crimes ocorre entre os meses de dezembro e janeiro. Para o major, o aumento da criminalidade neste período está associado à saída temporária de detentos agraciados com o benefício na época natalina.

Neste ano de 2014, um assassinato já foi registrado: crime ocorrido dentro de um bar após uma discussão entre a vítima e o agressor, que se encontra foragido.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais