PM prende que pai arremessou filho contra a parede

0
PC prende pai que arremessou filho de um ano e meio contra a parede em Glória (Foto: Reinaldo Gasparoni)

A Polícia Civil prendeu no final da tarde desta quinta-feira, 5, na cidade de Nossa Senhora da Glória, um homem acusado de jogar o próprio filho de pouco mais de um ano de idade contra a parede. O fato aconteceu no dia 24 de maio na presença da mãe da criança e de outro garoto de oito anos. O menino foi levado ao Hospital Regional de Glória, onde o médico constatou a agressão e pediu apoio do Serviço Social do Hospital e ao Conselho Tutelar da cidade.

Antônio Carlos Santos Filho, 25 anos, foi detido por força de um mandado de prisão expedido pela Justiça. O pai negou a agressão e disse que apenas deu umas palmadas para ver se a criança dormia. A versão dele não convenceu a polícia, nem o médico e muito menos o Judiciário. “Ele admitiu que deu tranquilizantes para o filho dormir no dia da agressão, mas mesmo assim o menino não adormeceu”, explicou o delegado Jorge Eduardo.

O delegado ressaltou que o tranquilizante utilizado para dopar o menino é um remédio de tarja preta, que só pode ser vendido com prescrição médica, conhecido como Diazepam. O agressor admitiu que deu o remédio uma vez, mas que a mãe da criança dava o remédio dissolvido na comida e no suco. “Este caso teve uma grande repercussão no município, mas agora será a Justiça quem vai julgar a conduta de todos os envolvidos”.

A criança continua com a mãe, porém em outro endereço diferente do que morava com o marido. “Há informações de que ele ameaçou a esposa de morte, caso ela o denunciasse. Isso também será apurado”, destacou. Antônio Carlos ficará preso na Delegacia de Nossa Senhora da Glória à disposição da Justiça.

Fonte: SSP/SE

Comentários