PM prende traficante com mais de R$ 30 mil na zona sul

0
Luiz Carlos Reis Filho, o “Lula”, foi preso na Atalaia (foto: divulgação PM/SE)

A Polícia Militar de Sergipe, através do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), prendeu o encarregado administrativo de obras Luiz Carlos Reis Filho, o “Lula”, 34 anos, suspeito de envolvimento no tráfico ilegal de drogas. O homem foi preso em flagrante em uma vila situada no bairro Atalaia, na zona sul de Aracaju. Com ele, a polícia apreendeu maconha, crack, balança de precisão, material para fabricação e embalo de droga e cerca de R$ 32 mil, em cheques, cédulas e moedas, nacionais e estrangeiras.

A guarnição Pastor Comando, comandada pelo capitão Augusto César, patrulhava o bairro Atalaia, quando, na avenida Monteiro Lobato, próximo ao cemitério local, recebeu a denúncia de um transeunte informando a presença de várias pessoas em uma casa onde supostamente funcionava um ponto de comercialização de drogas. A equipe solicitou apoio da guarnição do Canil do BPChq e seguiu ao local conhecido como “Vila do Queijo”, encontrando, logo na entrada, três veículos e várias pessoas em atitude suspeita. Com a chegada dos policiais, alguns empreenderam fuga, sendo sete indivíduos abordados e revistados no interior de uma residência.

Material apreendido

Com Luiz Carlos Reis Filho, cujas características coincidiam com as repassadas pelo denunciante, a PM encontrou um considerável valor em espécie e cheque, além de dois pequenos pacotes de substância em pó de cor branca, semelhante à cocaína, e pequenas pedras aparentando ser crack. Em meio à varredura do local, efetuada com o apoio de dois cães farejadores da 3ª Companhia do Choque (Canil), a equipe encontrou 68 porções de substância semelhante à maconha, envolvidas em papel alumínio, embaixo de um botijão de gás, na cozinha da casa.

Já no dormitório, foram apreendidos potes de suplemento alimentar tipo creatina, supostamente usado para misturar à cocaína, a fim de baratear os custos e lucrar com a venda da droga; quatro tabletes de maconha prensada, uma balança de precisão, duas munições calibre 38 – configurando o crime de porte ilegal de munição para arma de fogo – quatorze cartões de crédito, três telefones celulares, folhas de cheque em branco e outras de valores sortidos, perfazendo um total de R$ 22.690,00 em cheque; R$ 9.038,00 em cédulas de R$ 2 a R$ 100; e R$ 28,25 em moedas, culminando na apreensão de R$ 9.066,25 em espécie.

Também foram flagradas notas de moeda estrangeira, dentre elas 96 dólares, 10 euros e 100 pesos argentinos, e seis comprovantes de depósitos bancários em valores diversos, perfazendo um total de R$ 90.592,00. Para o capitão Augusto César, subcomandante do Batalhão de Choque, esta foi uma importante ação da Polícia Militar no enfrentamento ao crime de tráfico de drogas.

“A ação da equipe do Choque resultou na prisão de um dos principais traficantes da região sul da capital, desarticulando um importante ponto de comércio de drogas ilícitas da localidade. Solicitamos o apoio da população para que denuncie outros pontos de venda de drogas e colaborem com o trabalho da polícia no enfrentamento ao tráfico de entorpecentes, crime que vem gerando violência e destruído cada vez mais famílias no país”, destacou o capitão Augusto César. O caso foi encaminhado à Delegacia Plantonista para adoção de providências.

Fonte: PM/SE

Comentários