PMA poderá interditar prédios no centro de Aracaju

0
Marquises: um problema antigo (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A Defesa Civil do Município de Aracaju fará novas vistorias em prédios da região central da capital sergipana durante o mês de agosto para avaliar se efetivamente os proprietários dos imóveis adotaram as medidas exigidas, explícitas nas notificações aplicadas durante as vistorias realizadas neste ano.

O coronel Reginaldo Moura, coordenador geral da Defesa Civil do Município, adverte que aqueles que insistiram em não realizar os serviços exigidos pelo município poderão sofrer sanções, que poderão culminar com a interdição do imóvel. A primeira vistoria a ser realizada pela Defesa Civil será nas instalações do antigo Hotel Palace, localizado na Praça General Valadão, fruto de um acordo firmado entre a prefeitura e o Ministério Público Estadual, segundo o coronel Moura.

O coronel informou ainda a Defesa Civil do Município vistoriou cerca de 20 prédios no centro da cidade. Destes, cerca de seis imóveis apresentaram deficiências e os proprietários foram orientados a fazer as adequações necessárias. Na Rua da Frente, segundo o coronel, duas marquises ofereciam risco à população e foram demolidas.

Nas próximas vistorias, constatando que as adequações não foram realizadas, o coronel Moura pretende se reunir com outras secretarias, a exemplo da Infraestrutura e Fazenda, para analisar que tipos de medidas alternativas o município poderá adotar, além da interdição dos móveis, para punir os proprietários das edificações.

Por Cássia Santana

Comentários