PMA realiza ações preventivas para escoamento das chuvas em Aracaju

0
Chuvas vão continuar nas próximas 72h em Aracaju (Foto: Ascom/Semdec)

Desde as primeiras horas desta segunda-feira, 12, equipes da Prefeitura de Aracaju, sob a coordenação da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), monitoram os possíveis pontos de alagamentos da cidade, além de potenciais áreas de risco, em decorrência das chuvas que incidem, de forma intercalada e moderada, desde a madrugada.

De acordo com o ClimAju (https://www.instarain.com.br/mapa), plataforma disponibilizada pela Prefeitura de Aracaju para monitorar o registro de chuvas na cidade em tempo real, de 2h da madrugada às 8h30 da manhã choveu 30 milímetros (mm), principalmente nos bairros Farolândia, Atalaia e Jardins, situados na zona Sul.

Não houve registros de ocorrências graves por parte da Defesa Civil Municipal, que anotou apenas pequenos pontos de alagamentos, os quais estão sendo drenados de forma eficiente pelo sistema pluviométrico. O restante da cidade ficou dentro do esperado, em torno de 15 mm.

Áreas onde há, historicamente, registros de alagamentos, como no bairro Jabotiana, principalmente no Largo da Aparecida e conjuntos JK, Santa Lúcia e  Sol Nascente, estão sendo monitoradas, além dos canais de escoamento das avenidas Airton Teles, Tramandaí e Anízio Azevedo.

A previsão, segundo o Centro de Análises e Previsão  do Tempo e Clima, Meteorologia e Mudanças Climáticas, é que o tempo fique instável pelas próximas 72h, com possibilidade de precipitações em áreas isoladas, característica desse período chuvoso que vai de abril a junho.

Secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida (Foto: Sérgio Slva)

“Recebemos o alerta do Centro de Previsão e Estudos Climáticos, informando que essas chuvas vão continuar nas próximas 72h. Repassamos esse alerta por meio de SMS para que todos aqueles cadastrados fiquem atentos e o 199 sempre à disposição 24h por dia para qualquer necessidade. A população pode ficar tranquila, estamos atentos. Qualquer variação que venha agravar, nós avisaremos imediatamente”, destaca o secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida.

Resiliência

A boa capacidade de drenagem da carga d’água contribui para evitar transtornos à população e ajuda a compreender melhor o que é ser uma cidade resiliente na prática, muito em função de ações preventivas realizadas pela da Prefeitura nos últimos anos, que vão desde obras de infraestrutura à limpeza de canais, bueiros e até mesmo inspeções pontuais da Defesa Civil em locais consideradas de risco ou de vulnerabilidade social.

“A infraestrutura de Aracaju permite uma maior absorção da água em virtude das limpezas constantes das ruas, limpeza das redes de drenagem e de bueiros, além dos canais. Tudo isso contribui para aumentar a capacidade de absorção das águas das chuvas”, explica o coordenador da Defesa Civil municipal, major Silvio Prado.

Auxílio

Vale frisar que existe ainda um trabalho realizado pelo Comitê de Crise, coordenado pelo prefeito Edvaldo Nogueira, que abrange secretarias e órgãos correlatos para o enfrentamento e mitigação dos efeitos das chuvas.

Além da vigilância da Defesa Civil, equipes das empresas municipais de Serviços Urbanos (Emsurb) e de Obras e Urbanização (Emurb), assim como a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) atuam em toda a cidade, seja na manutenção do sistema de drenagem ou mesmo para auxílio de motoristas e pedestres.

Contatos

A população pode entrar em contato com a Defesa Civil através do 199, caso seja registrada alguma ocorrência que demande maior atenção das equipes, além de enviar mensagem para o 40199 e receber alertas sobre mau tempo.

Fonte: Ascom/Semdec

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais