PMA vai recorrer da decisão de pagar idenização no São Conrado

0

Moradores ficaram desesperados com a possibilidade de desocuparem as casas/Foto: Arquivo Infonet
A Prefeitura de Aracaju vai recorrer da decisão judicial que condenou o poder público a pagar uma indenização de R$ 727 mil ao Sr. Aquilino Ribeiro da Fonseca, proprietário de um terreno próximo ao local em que várias famílias no bairro São Conrado moram. O prazo termina no próximo dia 26 de abril.

Após manifestações dos moradores, que chegaram a fechar a av. Heráclito Rollemberg, foi realizada uma audiência na 2ª Vara Federal, no dia 25 de março deste ano, quando o juiz Fernando Escrinavi decidiu pela extinção da decisão que determinava a reintegração de posse da área.

Na ocasião, o vice-prefeito Silvio Santos afirmou que o prefeito Edvaldo Nogueira vai tornar a área em questão, de utilidade pública, discutindo valores de indenização pelo terreno.

A assessoria de Comunicação da Prefeitura de Aracaju informou na tarde desta quarta-feira, 22, que a PMA vai recorrer da decisão, mas que ainda não entrou com nenhum recurso.  E que o procurador geral do município, Luis Carlos Oliveira, está atento ao prazo estipulado pela justiça (até 26 de abril).

Por Aldaci de Souza

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais