PMs voltam a se reunir com Governo

0

Policiais lotaram o Contiguiba
Ocorreu na manhã desta quinta-feira, 23, no quartel geral da PM, mais uma rodada de negociação entre o Governo do Estado e os policiais militares. Na reunião que contou com os representantes das associações dos militares e dos comandantes da PM e do Corpo de Bombeiros, foram lançadas propostas sobre a carga horária e sobre a exigência de nível superior para ingresso na corporação.

A proposta do Governo apresentada pelo Coronel Magno foi de nível superior para ingresso de oficiais, exigência que pode ser estendida para os praças posteriormente. Com relação à carga horária a proposta é adotar 44 horas semanais a partir de 1° de junho e 40 horas a partir de janeiro de 2010. A informação da assessoria de comunicação da PM é de que o comando geral já começou a fazer experiências em algumas unidades com a carga de 40 horas.  

Maria Edvan Carmo, presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança de Sergipe
Em assembléia realizada na tarde desta quinta-feira, 23, no Clube Contiguiba, os representantes das associações reuniram os PMs para passar os informes sobre as propostas do Governo. Ao final da assembléia ficou definido que eles só voltarão a se reunir novamente após o dia 30 de abril, quando deverá ocorrer nova reunião com o Governo para definir o único ponto de pauta pendente que é a questão salarial.

Comunidade mobilizada e Ação Beneficente

Na assembléia a presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança de Sergipe, Maria Edvan Carmo, apresentou a proposta de fazer uma mobilização em prol dos policiais militares. “Achamos injusto quando falam em prender os policias, eles são os parceiros da comunidade”, afirma.

O ato acontecerá na Praça da Bandeira no próximo dia 29 a partir das 14h de onde sairá uma passeata que contará com participação de esposas, familiares dos policiais e membros das comunidades de Aracaju.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais