Poke: conheça uma versão da delícia havaiana

0
Prato havaiano é o maior sucesso (Foto: Wipoke)

Se você é do tipo de pessoa que adora comida japonesa, vai adorar o Poke! O prato, que tendência no mundo gastronômico e ganhou fama no mundo das celebridades fitness, chegou a Aracaju fazendo o maior sucesso. Criado no Havaí e também popular na Califórnia, o Poke é simple, fácil de preparar e já se tornou a aposta do verão. 

O chef César Soutello explica que o Poke o dialeto havaiano, que dizer cortar. “O prato é basicamente peixe cortado em cubos, marinado, acompanhado de algas marinhas picadas, fatias de cebola, pepino e cebolinha. Com ou sem arroz, é permitido adicionar também fatias finas de abacate e ovas de peixe. Tiras de massa chinesa e wonton também podem acompanhar o peixe, dando crocância ao prato”, explica o chef.

“Embora a comida, tipicamente havaiana, seja uma mistura do sashimi [comida japonesa] e do ceviche [prato peruano], nas praias californianas o prato é sucesso absoluto. Aqui no Brasil, os estabelecimentos servem a iguaria com diversos tipos de peixe e frutos do mar, como atum fresco, lula e polvo”, afirma César Soutello ao explicar que existem várias maneiras de preparar o poke. 

Modo de preparar:

POKE DE SALMÃO

Ingredientes:

400g de salmão (ou outro peixe da sua preferência) bem fresco e limpo, sem pele e sem gorduras.
1 folha de alga japonesa cortada em tirinhas ou picada (opcional)
cebolinha verde fatiada.
1 e 1/5 xícara (chá) de edamame cozido al dente no vapor
1/2 repolho roxo pequeno lavado e cortado em tirinhas finas
mix de gergelim preto e branco.
1 cenoura grande descascada e cortada em fitas ou palitinhos.

Molho:

8 colheres (sopa) de molho shoyu.
3 colheres (sopa) de óleo de gergelim.
1 colher (chá) de wasabi em pasta.
suco de 1 limão.
1 colher (sopa) de gengibre ralado.

Modo de preparo: Seguindo as orientações do chef, misture todos os ingredientes do molho em um bowl e bata com um fouet, até que o wasabi se dissolva por completo. Reserve. Agora, você vai picar o peixe em cubos de aproximadamente 2 centímetros. Feito isso, agora, com um descascador de legumes faça as fitas de cenoura. Lembre-se de armazenar tudo na geladeira, separado até o momento de servir. Soutello recomenda montar o prato já na hora de servir, colocando uma porção de peixe e um pouco de cada acompanhamento. “Pra finalizar regue tudo com uma boa quantidade do molho e finalize com as tirinhas de alga, com a cebolinha picada e com o mix de gergelim”.

Comentários