Polícia afirma que vaqueiro matou casal

0

Segundo a polícia o vaqueiro confessou o crime / Foto: Exclusiva Portal Infonet
A polícia confirmou que o vaqueiro Marcos Paulo Santana dos Santos, de 20 anos, matou o casal Rodrigues. Os corpos foram encontrados na manhã da última segunda-feira, 29, no povoado Patu, distante 10 Km do município de Itabaianinha. Nildenor Ferreira Rodrigues, de 63 anos e Laura Eudócia Rosa Rodrigues, de 58 anos, foram mortos a golpes de foice.

O Coordenador de Polícia Civil do Interior (Copci), Fernando Melo, disse que o depoimento do vaqueiro foi realizado na noite de ontem, 29, e que após várias contradições, Marcos acabou confessando o crime.

O vaqueiro teria cometido os assassinatos porque foi demitido da propriedade. Marcos trabalhava há cerca de cinco meses com o casal. Segundo investigação da polícia, Maninho demitiu o acusado porque ele ameaçou um

O casal foi assassinado por um motivo fútil
vizinho com a arma da fazenda, uma espingarda calibre 12.

O desentendimento entre o vaqueiro e esse vizinho teria acontecido por conta de ciúmes com a namorada de Marcos, que morava com ele na propriedade de Maninho.

Frieza

Durante toda a investigação da polícia no local do crime a equipe do Portal Infonet presenciou o vaqueiro na propriedade alegando que não sabia quem teria cometido o crime. Em determinados momentos foi possível observar Marcos Paulo próximo a familiares das vítimas. O comportamento frio foi destacado pelo coordenador do Copci que admitiu que após a confissão o vaqueiro não demonstrou arrependimento.

Para a polícia, o acusado confirmou que matou primeiro Nildenor Ferreira Rodrigues e depois foi até a casa da fazenda e matou Laura Eudócia Rosa Rodrigues.

A polícia encontrou a foice utilizada durante o crime e uma espingarda de propriedade de Maninho.

* A matéria foi alterada ás 7h33 para acréscimo de informações

Por Kátia Susanna

Comentários