Polícia ainda não sabe o paradeiro de Floro Calheiros

0

Floro é acusado de fraudar eleições e de ter matado dois homens
No próximo dia 21 completa um ano que Floro Calheiros fugiu do Estado, enquanto estava internado em um hospital particular de Aracaju. Até agora a polícia não sabe o paradeiro do empresário, acusado de matar o deputado Joaldo Barbosa e o agiota Motinha, além de ter sido condenado pelo sumiço de urnas nas eleições do Município de Canindé do São Francisco, em 1996.

O diretor da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), Gilberto Guimarães, disse que apenas o inquérito do resgate de Floro foi encerrado. Com a conclusão dessas investigações, duas pessoas foram presas por terem ajudado na fuga: o motorista Silvan Eugênio de Souza e o empresário alagoano José Dagoberto Teotônio Silva – este teria abrigado Floro em Alagoas na mesma semana em que ele fugiu. Atualmente apenas Silvan continua preso.

“Ainda foi solicitada a prisão do filho e da esposa do empresário, mas a Justiça negou, pois não havia indícios concretos de que eles ajudaram na fuga”, conta Gilberto. O diretor do Dipol acrescentou, entretanto, que até uma nova prisão de Floro, os processos contra ele continuarão abertos. Desde que o empresário fugiu, não se teve mais qualquer pista do seu paradeiro.

Imagem do circuito interno mostra momento da fuga

Relembre o caso

Depois de ter sido recapturado pela primeira fuga em 2003, Floro Calheiros foi hospitalizado no dia 19 de dezembro de 2008. A internação foi possibilitada por uma liminar da juíza Fátima Barros, impetrada pelos advogados do empresário. A decisão determinava que Floro fosse encaminhado a um hospital de sua preferência, para cuidar de dores que sentia no corpo.

No domingo, 21, Floro Calheiros teria rendido, com uma arma em punho, os agentes do Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope) que faziam a segurança no hospital. Em seguida ele escapou vestido com roupas brancas e peruca, fingindo-se de médico.

Por Diogenes de Souza e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais