Polícia ainda procura suspeito de crime contra enfermeira

0

Segue as investigações sobre a tentativa de homicídio contra a enfermeira Silvânia Maria Góis, de 30 anos, alvejada com um tiro na boca na manhã do domingo, 13, na praia de Aruana, zona de expansão da capital. Na sexta-feira, 18, ela já apresentava melhoras no quadro de saúde e foi transferida do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) para um hospital particular.

O delegado da 4ª Delegacia Metropolitana, Jefferson Alvarenga, pede a ajuda da população para que ligue para o disque denúncia, através do 181, caso tenha presenciado alguma atitude suspeita.

“Não temos nenhum fato novo, não temos uma testemunha sobre o caso e também não se sabe a identidade do suspeito, a investigação está em andamento e reforçamos para que quem souber alguma informação sobre este crime entre em contato com o disque denúncia através do número 181, a ligação é anônima”, reforça.

A expectativa da polícia é justamente a melhora de saúde da enfermeira para que ela possa ser ouvida e ajudar na elucidação do crime.

Por Bruno Antunes

Comentários